top of page
inferior-direita.jpg
direta-superior.jpg
algum-dos-lados.jpg
esquerda-superior.jpg

O SILVA

Sendo um dos responsáveis pelo reconhecimento artístico da cidade de São José do Rio Preto, José Antônio da Silva foi descoberto em 1946, por meio de suas pinturas singelas em uma exposição na antiga Casa de Cultura da cidade, causando uma reviravolta na sociedade artística acadêmica da época. Sua fama alcançou museus renomeados como o Museu de Arte Contemporânea de São Paulo (MASP), Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMa), Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), Pinacoteca Estadual e Museu de Arte Sacra de São Paulo, ganhando também uma Sala Especial na 33ª Bienal de Veneza.

Em 1966, Silva, inaugurou o primeiro Museu de Arte Contemporânea de São José do Rio Preto, com obras de seu acervo pessoal, adquiridas através de permutas entre seus quadros e obras de outros autores. O museu foi mantido com muito esforço pelo mesmo até 1979, quando se aposentou e deixou aos cuidados de seu pupilo, Romildo Sant’Anna, curador do Museu Virtual Silva sem Fronteiras.

MUSEU VIRTUAL

bottom of page